Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Receitas vegetarianas e veganas: 20 pratos sem carne

Quando determinada pessoa se dispõe a seguir uma dieta com menos ou até sem derivados animais, toda sua relação com a alimentação é alterada. E encontrar receitas vegetarianas e veganas é fundamental no processo de adequação a essas filosofias.

Uma pesquisa realizada em 2018, pelo Ibope, demonstra que 14% da população brasileira se afirma pertencente a esses grupos. Aliás, nos últimos anos, o número continua em crescente.

Ao negar a presença de carnes ou de derivados animais em um prato, a atitude é política e posiciona uma forma de pensar o consumo e a sociedade. Caso você seja adepto dos movimentos ou esteja pensando em se tornar, esse cardápio vegetariano para a semana e essas receitas veganas vão te ajudar no preparo dos pratos!

Clique para acessar a loja do Cidade Canção mais próxima de você.

Qual a diferença entre vegetarianos e veganos?

Se você começou a se interessar agora por esses movimentos, compreender a diferença entre eles é importante. Vegetarianos são pessoas que cortaram as carnes da sua alimentação, independentemente de que animal elas venham. No entanto, por vezes, eles ingerem ovos e produtos com leite, por exemplo.

Veganos, por sua vez, não consomem nenhum derivado animal. Além de alimentos, eles não usam couro ou fibras provenientes da fauna, não compram produtos de beleza testados em bichinhos e por aí vai. Nesse grupo, tudo que fere a existência de um ser vivo não é uma escolha para aquisição.

Justamente por isso, o veganismo é tido como uma filosofia de vida, enquanto o vegetarianismo consiste em uma dieta. Pessoas veganas reconstroem completamente sua visão de sociedade e sua relação de consumo. 

Como todo movimento, o vegetarianismo possui suas interseções e, hoje em dia, se divide em diversas categorias. As principais delas são:

Ovolactovegetarianos

Omelete recheada de queijo frescal e tomate-cereja.

É comum encontrar, no prato do ovolactovegetariano, ovos e laticínios.

É o tipo de vegetariano mais comum, que citamos acima. Eles não consomem nenhum tipo de carne, mas ingerem laticínios — como leite, queijo e iogurte — e ovos.

Lactovegetarianos

Os vegetarianos pertencentes a este grupo não consomem nenhum tipo de carne e nem ovos. Geralmente, os motivos estão ligados à religião ou ao processo para cortar os derivados animais da alimentação.

Vegetarianos estritos

Por fim, os vegetarianos estritos não consomem carnes, ovos e nem laticínios. Eles se distinguem dos veganos por não tornarem esse costume uma filosofia, portanto, usam couro ou produtos testados em animais algumas vezes.

Neste conteúdo, separaremos as receitas sem carne focando em ovolactovegetarianos e em veganos, visto que lactovegetarianos e vegetarianos estritos encontrarão opções dentro dessas categorias.

Portanto, para conferir receitas para substituir a carne deliciosas, continue a leitura. Ao todo, são 20 opções supersaborosas para fazer em casa!

Receitas vegetarianas rápidas

Se você está procurando receitas vegetarianas fáceis, vai encontrar variedades deliciosas aqui! Nesta categoria, é comum que os pratos contenham ovos, leite ou algum derivado animal.

1. Mix de vegetais com maionese

uma-receita-vegetariana-perfeita-e-o-mix-de-vegetais

Esse mix de vegetais é nutritivo, saboroso e prático de ser feito na frigideira.

Esta é uma das comidas vegetarianas simples mais gostosas e versáteis que existem. Reúne muitos nutrientes e pode ser combinada com arroz ou consumida como recheio de uma omelete. A cremosidade da maionese garante um toque especial ao prato, que se tornará um dos seus preferidos.

Ingredientes

  • 3 colheres (sopa) de maionese
  • 1 cenoura ralada
  • 1 alho-poró picado
  • 1 tomate picado
  • 1 dente de alho picado
  • Amendoim torrado sem sal
  • Sal a gosto
  • Pimenta-do-reino a gosto
  • Gengibre picado a gosto

Modo de preparo

Tendo todos os legumes devidamente picados, você colocará, em uma panela, o alho para fritar em um fio de azeite. Quando ele dourar, adicione o gengibre e deixe fritar mais um pouco.

Em seguida, coloque para refogar a cenoura, o alho-poró, o tomate e o amendoim. Misture tudo bem, para que o sabor do alho e do gengibre se infiltre nos vegetais. Depois de cerca de cinco minutos, adicione a maionese e finalize com o sal e a pimenta-do-reino.

A junção de sabores é o que faz desta receita uma opção tão deliciosa. O gengibre dá certa refrescância, a maionese cremosidade e o amendoim crocância. Além disso, fica pronta em dez minutos, contando o tempo de picar os alimentos. Logo, pode ser uma das suas melhores amigas durante a semana!

2. Buraco-quente vegetariano

Uma das maiores dificuldades de quem está se tornando adepto do vegetarianismo é retirar a carne completamente da refeição. Afinal, no Brasil, é raro um prato ser servido sem ela.

Se você está sentindo isso, fique tranquilo. Uma receita com proteína de soja texturizada, quando bem temperada, possui um sabor bastante parecido. Confira como fazer uma “carne moída” de soja.

Ingredientes

  • 250g de proteína de soja texturizada hidratada
  • 1 sachê de molho de tomate
  • 2 dentes de alho picados
  • ½ cebola picada
  • Sal a gosto
  • Pimenta-do-reino a gosto
  • Queijo muçarela em fatias
  • Pão francês

Modo de preparo

Em uma panela, refogue a cebola e, quando ela dourar, coloque o alho para fritar junto. Depois, coloque a proteína de soja já hidratada, o molho de tomate, e tempere com sal e pimenta-do-reino.

Quando ferver, espere mais alguns minutos e desligue o fogo. Na hora de montar o lanche, a dica é não cortar o pão ao meio. Remova o miolo por uma das pontas, insira a fatia de queijo por esse furo e preencha com a proteína de soja. Assim, na hora de comer, o recheio não escorre para os lados.

O melhor dessa receita é que, caso você tenha amigos veganos, ela pode ser adaptada ao evitar a inserção da muçarela e ao escolher um pão sem ovos e leite.

3. Pão de alho com requeijão

Pão de alho com requeijão em cima de tábua de madeira.

O pão de alho com requeijão é uma ótima opção para o lanche da tarde.

Esse prato é delicioso e pode ser preparado na hora da janta, quando reunir os amigos ou em um almoço sem carne de domingo. E o melhor é que ele é feito com itens que, geralmente, temos em casa. Inclusive, se tiver um pão amanhecido no armário, evite o desperdício e use-o nesta receita!

Ingredientes

  • Pão francês
  • 5 dentes de alhos triturados
  • 4 colheres (sopa) de manteiga
  • Requeijão

Modo de preparo

Em um recipiente, misture bem o alho com a manteiga. Para facilitar, esquente-a um pouco, mas não a ponto de derreter. Passe nos pães cortados ao meio e leve ao forno preaquecido a 180 ºC até que a pasta derreta completamente.

Retire do forno, cubra de requeijão e coloque para assar por mais alguns minutos, até que o aspecto fique bem cremoso. Sirva ainda quente para curtir mais a experiência.

Dica: para que o pão fique mais crocante, é indicado cobrir a assadeira com papel alumínio!

download-do-ebook-sobre-como-aproveitar-os-alimentos

4. Quibe de abóbora

Esta receita é um pouco mais trabalhosa, porém rende muitas porções e é extremamente saborosa. O quibe de abóbora pode ser recheado com queijo cheddar ou até muçarela.

Ingredientes

  • 1 saco de trigo para quibe
  • 1 cebola roxa em rodelas
  • ½ abóbora cabotiá
  • Queijo muçarela ou cheddar
  • Sal a gosto
  • Pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

O primeiro passo é hidratar o trigo. Coloque-o em um recipiente com água quente até cobrir e deixe descansar de 20 a 30 minutos.

Enquanto a hidratação acontece, corte a abóbora em cubos médios — lembre-se de retirar as cascas — e leve à panela de pressão com água até cobrir para que ela cozinhe. Quando pegar pressão, espere cerca de dez minutos, para que fique bem molinha, e desligue.

Com o trigo hidratado e a cabotiá cozida, é hora de preparar a massa do quibe vegetariano. Em um recipiente grande, faça um purê com a abóbora, temperando-o com sal e pimenta-do-reino. Depois de amassá-la bem, coloque o trigo pouco a pouco, para conseguir misturar com mais facilidade.

Quando a massa estiver homogênea, despeje metade dela em um refratário que possa ir ao forno. Cubra essa camada com fatias de muçarela e rodelas de cebola roxa. Polvilhe um pouco de pimenta-do-reino e adicione o restante da massa.

Agora, é só levar ao forno preaquecido a 180 ºC por cerca de 25 minutos. Quando gratinar, o quibe está pronto para ser servido. Por ser uma receita completa, ela dispensa até o arroz como acompanhamento.

5. Crepioca 

Outra dica de aperitivo ótimo para qualquer refeição. A crepioca é fácil de ser feita, é super rápida e pode ser temperada com o que você mais gostar. A nossa dica é apostar na rúcula com tomate-cereja, porque a combinação é deliciosa!

Ingredientes

  • 1 ovo
  • 2 colheres (sopa) de mistura de tapioca
  • Folhas de rúcula
  • Tomates-cereja picados ao meio
  • Requeijão
  • Sal a gosto
  • Pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Em um prato fundo, quebre o ovo, adicione a mistura de tapioca e tempere com o sal e a pimenta-do-reino. Misture bem, até que fique homogêneo, e leve à frigideira antiaderente, de preferência, com um fio de azeite.

A massa é extremamente leve e raramente gruda no fundo. Conforme cozinha, você vai perceber quando for a hora de virar porque ela fica consistente com facilidade. Quando a crepioca estiver dourada, recheie com uma colher de requeijão, rúcula e tomate-cereja. 

Espere o requeijão derreter levemente, feche a crepioca como uma tapioca tradicional e delicie-se!

6. Strogonoff de palmito com cogumelo

O strogonoff vegetariano de palmito com cogumelo é uma das melhores receitas para substituir a carne que existe. É uma opção saborosa, com uma textura bem específica e surpreendente. Para te auxiliar no processo, confira o vídeo do canal Mohamad Hindi.

7. Berinjela de forno

Quer uma receita prática e rápida para o almoço? Então invista na berinjela de forno! Ela é saborosa e fica pronta em minutos.

Ingredientes

  • 1 berinjela
  • 1 xícara (chá) de molho de tomate
  • 1 rama de alecrim
  • Fatias de queijo
  • Sal a gosto

Modo de preparo

Antes de começar a receita, é preciso preparar a berinjela para que ela não fique amarga. Corte-a em fatias finas na horizontal — para que fiquem grandes — e deixe-as de molho em um litro de água com duas colheres de vinagre por 20 minutos.

Em seguida, escorra o líquido e deixe as fatias descansado em papel toalha, para que fiquem sequinhas.

Pegue uma fatia, espalhe um pouco de molho de tomate, tempere com sal e deposite um ou dois pedaços de queijo. Repita o processo com o restante da berinjela.

Unte uma assadeira com azeite, disponha as fatias e leve ao forno preaquecido até que o queijo derreta com a rama de alecrim, que irá garantir um aroma delicioso ao prato. Sirva quente.

8. Brócolis gratinado

Refratário com brócolis gratinado sobre a mesa.

O brócolis gratinado é uma ótima opção para qualquer momento.

O brócolis é um dos alimentos mais amados pelos vegetarianos por ser extremamente versátil e supersaudável. Nesta receita, ele vai ao forno para gratinar com bastante queijo!

Ingredientes

  • 1 brócolis
  • 2 ovos
  • 1 caixa de creme de leite
  • 2 pacotes de queijo parmesão ralado
  • Sal a gosto
  • Pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Separe o brócolis do talo e leve-o ao fogo coberto por água para que cozinhe por apenas cinco minutos. O ingrediente deve ficar al dente, pois terminará de cozinhar com o molho no forno.

Enquanto isso, bata bem os ovos, adicione o creme de leite e tempere. Mexa até ficar uniforme e reserve.

Em uma assadeira ou refratário que possa ir ao forno, coloque o brócolis cozido, cubra com o molho e deposite o queijo parmesão por cima. 

Leve ao forno preaquecido a 180 ºC por 30 minutos — ou até começar a borbulhar — e sirva quente.

9. Risoto de alho-poró

O risoto de alho-poró é suficiente para fazer um almoço sem carne sem acompanhamentos. Também é ótimo para um jantar a dois, pois harmoniza bem com vinho branco. No vídeo do canal da Elisa Fernandes, você aprende o passo a passo do preparo. Confira!

10. Farofa de talo de couve

A farofa de talo de couve é um ótimo acompanhamento para o arroz nos dias corridos e também funciona como uma forma de não desperdiçar nenhum alimento. 

Ingredientes

  • 2 talos de couve
  • 3 ovos
  • 3 colheres (sopa) de farofa de milho
  • 1 colher (sopa) cheia de manteiga
  • Sal a gosto
  • Pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Em uma panela, derreta a manteiga e adicione os ovos. É importante quebrá-los separadamente, para garantir que, caso algum esteja estragado, não vá para a receita.

Coloque os talos de couve já picados em pedaços pequenos, a farofa e tempere. Mexa constantemente até que a farofa crie forma e fique durinha. Desligue o fogo e sirva.

Receitas veganas 

Caso você não coma derivados animais ou esteja se interessando pela causa, estas receitas veganas fáceis e saudáveis vão te ajudar a iniciar a dieta. Feitas com praticidade, reúnem nutrientes importantes e um sabor delicioso.

11. Ratatouille

o-ratatouille-e-uma-receita-vegana-deliciosa

Um dos pratos mais clássicos, o ratatouille conquista fãs até hoje ao redor do mundo.

De tão famosa, essa receita já se tornou tema de filme da Disney. O ratatouille é um clássico na cozinha, no qual o único trabalho é cortar os legumes. Confira como prepará-lo!

Ingredientes

  • 1 abobrinha grande 
  • 1 berinjela
  • 1 pimentão amarelo
  • 1 pimentão vermelho
  • 5 tomates 
  • 2 dentes de alhos picados
  • 1 cebola

Modo de preparo

A primeira parte dessa receita é cortar a abobrinha, a berinjela, os pimentões e meia parte da cebola em rodelas finas de no máximo ½ centímetro. Por ter muitos ingredientes, organize bem o seu espaço na hora de cozinhar.

Se quiser, pode deixar a berinjela de molho em um litro de água com duas colheres de vinagre — por 20 minutos — antes de temperá-la. Algumas pessoas acham o ingrediente amargo e isso quebra a adstringência.

Tempere as rodelas de berinjela e de abobrinha como você preferir. Geralmente, é usado apenas sal e pimenta-do-reino. Depois de temperar, deixe os legumes parados por cerca de cinco minutos para que o tempero haja.

Enquanto ficam em repouso, após temperar, os vegetais soltarão líquido. Escorra a água, seque as rodelas e leve à frigideira com um fio de azeite. É importante grelhar a abóbora e a berinjela em pequenas quantidades e por pouco tempo. Assim, elas ficam inteiras e mais firmes para a montagem.

Quando grelhar tudo, é hora de preparar a base de tomates do ratatouille. Os tomates precisam estar cortados em cubos bem pequenos e não podem ter sementes. O ideal é retirar as cascas também.

Na mesma frigideira, adicione duas colheres de azeite, refogue a outra parte da cebola picada, acrescente as frutas e tempere a seu gosto. A receita tradicional leva um ramo de tomilho e um de alecrim para dar aroma. Não se esqueça do sal! Você irá cozinhar até que o tomate esteja quase desmanchando.

Com a base de tomates finalizada, e a berinjela e a abobrinha prontas, é hora de montar. Em um refratário que possa ir ao forno, despeje o tomate refogado. Agora, é só começar a encaixar, em filas, os legumes de maneira alternada. Intercale fatias de abobrinha, de pimentão, de cebola e de berinjela. 

Polvilhe sal, pimenta-do-reino e regue com um fio de azeite. Cubra o refratário com papel alumínio e leve ao forno preaquecido (220 ºC) por cerca de 30 minutos. Pronto, é só servir!

Atentar-se à montagem é muito importante no ratatouille, porque ela é parte integral do prato. Por ser feito com uma variedade de vegetais e azeite, é também muito saudável!

12. Shimeji na manteiga vegetal com amendoim

Quer uma receita de cinco minutos para combinar com o arroz na marmita? O shimeji na manteiga é uma das receitas veganas rápidas mais famosas, além de nutritiva. Aqui, juntamos ela com o amendoim para mais sabor ainda!

Ingredientes

  • 500 g de shimeji
  • 3 colheres (sopa) de manteiga vegetal
  • 3 colheres (sopa) de shoyu
  • Amendoim torrado sem sal a gosto

Modo de preparo

Antes de começar a cozinhar, separe os cogumelos dos talos e limpe-os com um papel toalha ou guardanapo. Não use água, porque o cogumelo é poroso e a absorverá, perdendo o sabor e a textura original.

Na frigideira, adicione a manteiga vegetal, espere derreter e coloque o shimeji com o shoyu, mexendo rápido para que o sabor incorpore no alimento. Não é necessário adicionar sal, devido ao salgado do shoyu.

Por fim, adicione os amendoins e cozinhe mais um pouco. Desligue o fogo e sirva. A crocância do amendoim com o cogumelo causa uma oposição de texturas interessantes.

Caso queira uma semente com mais nutrientes, pode usar castanha-do-Pará, a de caju ou até um mix com várias delas.

13. Queijo vegano

Sente falta de queijo nos seus pratos e não é o maior fã do tofu? Então confira como fazer queijo vegano com mandioca! A receita é prática, barata e o sabor é delicioso.

Ingredientes

  • 480ml de água
  • 3 xícaras (chá) de purê de mandioca
  • 3 xícaras (chá) de polvilho azedo
  • 1 e ½ xícara (chá) de óleo
  • Sal a gosto

Modo de preparo

No liquidificador, adicione o purê de mandioca, a água, o óleo e o sal. Bata tudo até ficar uniforme. Caso você queira tentar mais temperos além do sal, pode adicionar.

Leve a massa ao fogo e misture até ferver. Quando isso acontecer, adicione o polvilho azedo aos poucos e vá mexendo até que chegue ao ponto de goma.

Por mais que fique difícil manejar a massa, é importante continuar mexendo por cerca de mais três minutos após a consistência ser atingida. Agora, é só levar o seu queijo vegano para um recipiente, deixar gelar e se deliciar.

14. Mousse de chocolate vegano

mousse-de-chocolate-com-abacate-uma-sobremesa-vegana-saborosa

Um mousse saboroso, nutritivo e muito cremoso para ser servido como sobremesa.

Todo mundo ama doce! Se você está procurando uma sobremesa sem derivados animais para fazer em dois minutos, essa receita é sua solução. Ela traz uma ideia ótima de como substituir o leite, comum nas mousses, com abacate.

Ingredientes

  • 1 abacate maduro
  • 2 colheres (sopa) de cacau em pó
  • 4 colheres (sopa) de açúcar mascavo
  • 1 colher (chá) de essência de baunilha

Modo de preparo

Adicione todos os ingredientes no liquidificador, bata até que a mistura fique uniforme e pronto! É só despejar o mousse de chocolate sem derivados animais em um recipiente e esperar a consistência desejada ser atingida.

Uma dica deliciosa é combinar com suas frutas preferidas quando a sobremesa estiver bem gelada.

15. Vegetais no molho xadrez

O molho xadrez, muito usado em yakisobas, é delicioso. Essa receita reúne vários vegetais nutritivos para combinar com ele e servir com um arroz branco ou até com um macarrão sem ovos, para criar um almoço vegano fácil e rápido!

Ingredientes

  • 1 pimentão vermelho
  • 1 pimentão amarelo
  • 1 pimentão verde
  • 1 brócolis
  • 1 couve-flor
  • ¼ de xícara (chá) de shoyu
  • ½ xícara (chá) de água
  • 1 colher (sopa) de maizena

Modo de preparo

O primeiro passo é preparar o brócolis e a couve-flor, já que eles são mais duros. A melhor das dicas é cozinhá-los no vapor, para preservar as propriedades nutritivas dos alimentos. Quando eles ficarem molinhos, reserve.

Em uma panela, adicione o shoyu, a água e a maizena, misturando até que fique uniforme. Coloque todos os vegetais e tempere com um pouco de pimenta-do-reino, se quiser.

Devido ao teor de sal do shoyu, não é indicado adicionar mais sal. Caso queira mais molho, é só dobrar as quantidades e contar com um caldo mais abundante. Refogue tudo por cerca de cinco minutos, para que o sabor penetre bem todos os legumes, e pronto!

clique-para-acessar-a-loja-virtual

16. Hambúrguer de lentilha

Esta receita de hambúrguer vegano é perfeita para quem sente falta de um lanche saboroso. Preparada com lentilha, pode ser combinada ao queijo vegano — ensinado acima — para garantir um sanduíche delicioso.

Ingredientes

  • 1 xícara (chá) de lentilha
  • 1 xícara (chá) de farinha de aveia
  • 1 cebola picada em cubos
  • Cheiro-verde a gosto
  • Sal a gosto

Modo de preparo

Leve a lentilha ao fogo em uma panela com água suficiente para cobri-la, tempere com sal e cozinhe até que ela fique macia. Escorra o líquido e transfira para um pote.

Amasse a lentilha com um garfo, mas sem torná-la um purê — a fim de que o hambúrguer fique com uns pedacinhos — e reserve.

Em uma frigideira, frite a cebola em um fio de azeite e, quando dourar, adicione à lentilha com o cheiro-verde, o sal e a farinha de aveia. Mexa até ficar uniforme e comece a tirar pequenas bolinhas da massa.

Modele os hambúrgueres, coloque-os em uma assadeira untada com azeite e deixe no forno preaquecido a 180 ºC por 20 minutos. Sirva com acompanhamentos ou monte um lanche.

17. Churrasco vegano

Que tal fazer alguns espetinhos para um churrasco sem carne entre amigos? Essa é uma das comidas veganas fáceis, rápidas e deliciosas. Confira o preparo no vídeo do canal Presunto Vegetariano.

18. Tomate recheado

O tomate recheado é uma opção de acompanhamento para o almoço e fica bastante suculento. 

Ingredientes

  • 5 tomates grandes
  • 3 palmitos em rodelas
  • 1 cenoura em cubos pequenos
  • 1 cebola em cubos pequenos
  • 1 bandeja de cogumelo paris cortados em cubos pequenos
  • Azeitonas em rodelas
  • Sal a gost

Modo de preparo

Em uma frigideira, refogue a cebola em um fio de azeite. Quando dourar, adicione a cenoura e os cogumelos. Tempere com sal e mexa com frequência. 

Lembrando que, na hora de limpar os cogumelos, não é indicado usar água, pois o ingrediente é poroso e perderá sua textura e seu sabor em contato com o líquido. Retire as impurezas utilizando um guardanapo de papel.

Depois de cinco minutos cozinhando, coloque a azeitona e os palmitos e continue mexendo. Quando a cenoura ficar al dente, desligue o fogo e reserve.

Tire a “tampa” do tomate e, com o auxílio de uma colher, deixe o interior da fruta oco. Deposite o recheio da frigideira e leve ao forno preaquecido a 200 ºC por 20 minutos.

Se quiser, pode preparar a receita de queijo vegano da nossa lista um dia antes de fazer este prato. Assim, na hora de montar o tomate recheado, pode colocar uma fatia por cima.

19. Tofu agridoce

Pote redondo com tofu agridoce servido.

O tofu agridoce pode acompanhar arroz ou ser consumido sozinho.

Ao lado de um arroz, este tofu agridoce dispensa qualquer outro acompanhamento. É surpreendente em sabor e deixará todos pedindo mais.

Ingredientes para o tofu

  • 300g de tofu
  • Amido de milho para empanar

Ingredientes para o molho

  • ½ xícara (chá) de água
  • ½ xícara (chá) molho de tomate
  • ¼ xícara (chá) de vinagre branco
  • 4 colheres (sopa) de açúcar
  • 1 colher (sopa) de amido de milho
  • ½ colher (sopa) de pimenta-do-reino
  • Sal a gosto

Modo de preparo

Corte os tofus em cubos e deixe em um pano para retirar a água. Passe no amido de milho e leve-o à frigideira com um fio de azeite até dourar. Reserve.

Adicione os ingredientes do molho — com exceção do amido de milho — em uma panela e deixe ferver por dois minutos. 

Coloque o amido de milho dissolvido em ⅓ de xícara (chá) de água e cozinhe até engrossar. Deposite os tofus empanados e cozinhe por mais alguns minutos, para o sabor incorporar.

20. Nuggets de milho

Quer fazer nuggets vegano e saudável na sua casa? Então confira o vídeo do canal Tá na Mesa Vegg. A receita ainda pode ser preparada para as crianças, de forma que elas comerão legumes com gosto!

Dica: caso você tenha uma air fryer em casa, pode fritar seus nuggets veganos no eletrodoméstico.

Bônus: como fazer uma dieta vegana?

Se você está pensando em começar uma dieta vegana, o primeiro passo — e o mais importante — é procurar um nutricionista. É fundamental entender as proporções de nutrientes que seu corpo precisará, e cada pessoa terá uma dieta diferente.

Outra dica importante é ir aos poucos. É mais fácil ir de vegetariano para vegano do que abraçar a causa vegana de vez. No entanto, se esse for o seu desejo, é possível. Só será, provavelmente, um pouco mais brusco nas primeiras semanas.

Outro ponto interessante é compreender que o veganismo se trata de uma filosofia. Logo, seu modo de lidar com o mundo e com o próprio consumo será alterado. É uma causa muito interessante, e que está em constante crescimento.

Certos nutrientes são indispensáveis ao corpo, e na hora de fazer seu cardápio da semana é importante se atentar à presença deles. Podemos listar:

  • Ferro
  • Aminoácidos
  • Vitamina D
  • Vitamina B12
  • Vitamina A
  • Ômega 3
  • Cálcio
  • Proteína

Um ponto de atenção importante é em relação à vitamina B12, um nutriente encontrado apenas em derivados animais. Pessoas veganas precisam ingeri-la em forma de cápsula ou em alimentos com a propriedade agregada.

Garanta que terá uma dieta vegana com a vitamina B12 presente para evitar possíveis doenças e complicações.

Um dos pontos mais interessantes no vegetarianismo e no veganismo é o fato de que, quando se escolhe seguir essas dietas, sua relação com os alimentos é completamente alterada.

Novos sabores e combinações são encontrados nos legumes e vegetais. Testar combinações agridoces com frutas também é outra ideia ousada e deliciosa. Com os devidos cuidados à saúde, as dietas oferecem muitos benefícios ao corpo!

É na combinação de boas receitas com alimentos de qualidade que você se delicia e se cuida! No Cidade Canção online, você pode comprar os melhores legumes, vegetais, frutas e outros produtos sem derivados animais para receber diretamente em casa. Clique no banner e acesse o site.

Clique para acessar o site com o CIdade Canção mais próximo de você.

4.50 avg. rating (88% score) - 2 votes

Comentários

  1. Sonia Conceição disse:

    Bom dia Supermercados cidade canção, adorei a vossa explicação sobre a diferença entre o vegetarianismo e o veganismo.
    Eu estou entre os dois, mas, mais para veganismo. Estou sendo seguida por um naturepeuta. Já há mto.obg por vosso bloco.
    Adoro.

    1. Cidade Canção disse:

      Oi, Sonia! Que delícia ler sua mensagem. Ótimo saber que você faz acompanhamento, porque é muito importante quando abraçamos essas causas. Volte sempre para mais dicas, viu?
      Abraços!

  2. Adriana Lemes disse:

    Shimeji na manteiga não é uma receita vegana! Vegano não consome nada de origem animal!

    1. Cidade Canção disse:

      Oi, Adriana!
      No caso, nos referíamos às manteigas vegetais, feitas à base de castanha. Especificamos no conteúdo para não ter mais dúvidas. Obrigado pela dica!
      Abraços.

  3. Dorothea disse:

    Olá. Muito obrigada pelas dicas.estou mudando completamente meu jeito de cozinhar. Saúde em primeiro lugar. Animais não existem para serem comidos e sim apreciados como parte da nossa vida.

    1. Cidade Canção disse:

      Obrigado pela contribuição Dorothea! E ficamos felizes que você tenha gostado. Continue nos acompanhando!

  4. Maria Eva Dutra disse:

    Boa noite, sou cozinheira vegana e gostaria compartilhar a receita da maionesa que uso. 100 ml de leite de soja, sem açúcar; 1/4 limão esprimido, 2 colher de chá de mostarda, 1/4 colher de chá di sal fino, oleo de milho quanto basta( +ó- 150 grs, Colocar tudo no liquidificador ou mixer atê emulsionar. Eu uso sal negro, kala namak, para dar um gosto similar ao ovo. Espero que gostem

    1. Cidade Canção disse:

      Nossa, Maria Eva, que delícia! Ficamos até tentados a adicioná-la em nosso conteúdo, hein? Deve ficar supersaborosa. Obrigado por compartilhar com a gente essa dica.
      Abraços!

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *