Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Gastronomia chilena: 14 receitas para conhecer o país

Já pensou em fazer um jantar inspirado na gastronomia chilena? Sem dúvidas, será uma opção surpreendente e cheia de criatividade para quem já enjoou de fazer as mesmas receitas para receber amigos ou para datas comemorativas. 

O Chile é um país com uma gastronomia muito própria e que, com certeza, as receitas inspiradas na região irão proporcionar uma verdadeira viagem apenas pelo paladar. 

Continue a leitura e confira nossas dicas de entradas, pratos principais e sobremesas.

Clique para acessar a loja do Cidade Canção mais próxima de você.

Características da gastronomia chilena

Antes de irmos para as receitas, que tal conhecermos um pouco sobre a culinária chilena? Talvez você nunca tenha se perguntado sobre quais pratos compõem os cardápios do país, mas garantimos que, ao longo do texto, haverão receitas que são familiares. 

Uma das características muito fortes do país são os pratos com mariscos e peixes. Por isso, se você é fã desses produtos, irá adorar conhecer diferentes formas de os preparar. Para quem gosta menos, pode optar por outras receitas.

Além dos produtos vindos do mar chileno, a culinária do país é muito marcada pela ancestralidade. Isso significa que as receitas trazem muitos alimentos típicos e consumidos pelos nativos da região, como a quinoa, famosa por suas propriedades e grande destaque das comidas saudáveis. 

O milho também é um dos ingredientes favoritos dos chilenos, o que é ótimo, já que ele é acessível e facilmente encontrado no Brasil. 

Entradas

Um bom jantar sempre deve iniciar pelas entradas. Esse é o momento de petiscar, conversar com os amigos e conhecer um pouco mais sobre as receitas que serão servidas. Também é uma ótima ocasião para experimentar um pouco mais da comida do Chile, como veremos em seguida. 

1. Ceviche

Você já deve ter ouvido falar ou experimentado o famoso ceviche, certo? Aqui no Brasil, o prato faz parte do cardápio dos restaurantes japoneses, embora com características do país nipônico. 

Nesta lista, iremos falar do ceviche chileno, preparado com peixe linguado. Caso seja de difícil acesso para você, pode substituir por outros peixes brancos, como corvina e tilápia.

Ingredientes

  • 420g de linguado
  • 1 dente de alho
  • 1 talo de salsão
  • 5 a 6 limões por pessoa
  • ½ cebola roxa
  • 1 pimenta de cheiro
  • Pimenta-do-reino a gosto
  • Coentro a gosto
  • Gengibre a gosto

Modo de preparo

Para começar, corte todos os limões ao meio e lave-os bem para tirar o amargor da parte branca. Se preferir, deixe-o de molho e troque a água três vezes. Depois, esprema-o em uma tigela. Aqui, a dica é tirar o suco todo de uma vez e descartar a fruta, ou seja, nada de ficar apertando para tirar mais líquido. 

Ceviche em taça

O ceviche é uma das receitas chilenas mais conhecidas por aqui.

Depois, corte em rodelas o gengibre e acrescente ao suco de limão. Após isso, corte a pimenta de cheiro e misture com todos os ingredientes. Se você não gosta de comida apimentada, reduza a quantidade e retire as sementes. 

Após isso, esprema o alho com uma faca para tirar a casca e jogue-o inteiro à mistura. Pegue o salsão e corte o talo e folhas e adicione. Acrescente coentro. 

Agora, corte a cebola roxa. Mas antes, comece por descartar a primeira camada, a que fica próxima à casca. Esse truque é feito para que não precise lavar o ingrediente e contaminá-lo com água. Depois de picar, é só acrescentar ao restante dos ingredientes.  

Em seguida, acrescente sal e coloque dois pedaços de peixe à mistura – no caso, são as duas pontas do filé. A essa etapa de misturar todos os ingredientes e criar uma marinada chama-se de leche de tigre.

Leve o leche de tigre à geladeira e deixe ficar por uma hora. 

Comece a preparar o peixe. O ideal é que ele seja fresco, pois isso faz toda a diferença no sabor. Portanto, se for possível, compre o ingrediente com frescor. 

Corte o peixe em cubos grandes, semelhantes ao sashimi e leve para a geladeira por 40 minutos. 

Volte para a marinada e coloque metade de um dente de alho, um pouco de salsão e alguns pedaços de peixe. Com um mixer ou liquidificador, bata o leche de tigre

Agora, pegue o peixe reservado e acrescente sal, a cebola roxa, o coentro e finalize com pimenta de cheiro. 

O grande segredo é a hora de marinar: esse processo deve ser rápido, menos de um minuto. Portanto, misture o peixe ao leche de tigre e deixe menos de 60 segundos. Depois, retire da marinada e sirva. 

2. Ajiaco chileno

O ajiaco chileno é um prato típico do Chile muito consumido em feriados e fins de semana, ou seja, aquela receita que vai bem para um jantar especial ou almoço de domingo bem elaborado. 

Uma das grandes vantagens é que ela permite que seja reutilizado sobras de carnes assadas.

Ingredientes

  • 300g de rosbife
  • 4 batatas de tamanho médio
  • 4 ovos
  • 1 cebola 
  • 2 dentes de alho
  • 1 pimentão vermelho
  • 1 pimenta malagueta
  • 1l de caldo de carne ou água
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 1 colher (sopa) de salsa
  • ½ colher (sopa) cominho
  • ½ colher (sopa) orégano
  • Sal a gosto
  • Pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Para começar, corte a carne em tiras finas. Em seguida, corte as batatas em palito. Reserve ambos os ingredientes. 

Prato ajiaco servido em uma cerâmica

O ajiaco é uma comida chilena excelente para os dias frios.

Depois, leve uma panela ao fogo com um fio de azeite e refogue a cebola picada. Após isso, acrescente a pimenta picada e deixe ficar por alguns minutos. Adicione o alho, a carne e as batatas. 

Deixe refogar e acrescente as especiarias e, em seguida, coloque o sal e a pimenta-do-reino. Depois de mais alguns minutos refogando, regue a receita com o caldo de carne ou água e deixe cozinhar por 20 minutos. 

Após esse período, desligue o fogo e deixe descansar por seis minutos. Enquanto isso, chegou a hora de preparar os ovos. 

Comece por cozinhá-los em uma panela. Depois, quando estiverem no ponto da sua preferência, retire. 

Agora, a receita está pronta! A carne fica semelhante a uma sopa, bem molhadinha, e deve ser servida em prato fundo, junto com o ovo cozido e salsa polvilhada. 

3. Empanadas chilenas

As empanadas podem ser bastante polêmicas: no Chile, acredita-se que o prato, de fato, é originário de lá. Enquanto que na Bolívia e Argentina… também juram que a receita veio desses países! 

Independentemente de qual a origem, nós vamos trazer as empanadas chilenas, ou de pino, prato típico do país e que pode ser servido como uma deliciosa entrada. Para conferir o passo a passo, assista o vídeo do canal Nós no Chile.

4. Caldillo de congrio

O caldillo de congrio é uma das receitas da gastronomia chilena em que os peixes são o ingrediente principal, no caso, a enguia. 

Esse é um prato muito interessante e que está ligado a muitas personalidades históricas, como o poeta Pablo Neruda, que descreve-o em um poema, ou ao príncipe Charles de Gales, que pôde saboreá-lo em uma das visitas ao Chile. 

Sem dúvidas, uma receita de caldo que promete tirar o jantar do comum e trazer características muito próprias do Chile. 

Ingredientes

  • 6 pedaços de congro vermelho (ou outro tipo de enguia que encontrar)
  • 6 batatas 
  • 2 cebolas 
  • 1 cenoura
  • 4 tomates
  • 1 malagueta 
  • Caldo vegetal
  • ½ colher (chá) de colorau
  • 1 colher (chá) salsa
  • 1 colher (chá) orégano
  • 1 ½ xícara (chá) de vinho branco
  • 1 ½ litro de água quente

Modo de preparo

Antes de ir diretamente para a receita, a nossa dica é deixar pronto alguns ingredientes para facilitar na hora de cozinhar. 

Portanto, comece por cortar a cenoura em rodelas, as cebolas em meia-rodela, as batatas em meia-lua e os tomates descascados e cortados em cubos. Reserve tudo individualmente. 

Em seguida, aqueça uma panela com azeite e adicione a cenoura, a cebola, as batatas, a dedo-de-moça, o colorau e a salsa. Tempere com orégano e refogue tudo por cerca de dois minutos e observando se os vegetais vão ficar macios. 

Agora, acrescente os pedaços de congro e os tomates em cubos. Regue com o vinho branco e, sem mexer na receita, aguarde a evaporação da bebida. 

Prato caldillo em uma mesa de madeira escura

A gastronomia chilena e história andam juntas, e o caldo de congro é a prova.

Por fim, jogue a água e adicione o cubo de caldo de legumes, que deve ser acrescentado esfarelado. Com a tampa da panela, tampe apenas metade da boca do recipiente e deixe ficar por mais 15 ou 20 minutos. Evite mexer de forma brusca para não despedaçar o peixe. E pronto! Agora é só servir.

5. Machas a la parmesiana

Machas a la parmesiana ou, em português, mexilhões à parmegiana, é mais um dos pratos chilenos marcado pelos frutos do mar. Uma ótima oportunidade para saborear um pouco mais dos ingredientes típicos da região durante a entrada do jantar. 

Antes de irmos para a nossa receita, é importante dizer que existem algumas regras cruciais para ter sucesso ao cozinhar mexilhões. Elas são seguidas no Chile e, portanto, convém que você as reproduza para ter um resultado mais próximo do prato original. 

  • Os mexilhões devem ser frescos — evite congelados ou outras formas do produto.
  • Não retire-os da concha, elas são essenciais. 
  • O forno deve ficar em temperatura alta por curto período de tempo. 

Sem mais demoras, vamos para a receita!

Ingredientes

  • 12 mexilhões com concha
  • 50g de queijo parmesão ralado
  • 50ml de creme de leite
  • Suco de 1 limão
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Para saber como preparar o passo a passo dessa receita, indicamos o vídeo do canal delicias.tv, que ensina desde a limpeza do mexilhão até a finalização do prato. 

6. Carbonada

Para finalizar as nossas entradas, trazemos uma receita que combina alimentos típicos da região, como o milho e a batata, juntos em uma sopa deliciosa, perfeita para aquecer os dias frios

Estamos falando da carbonada, um clássico da gastronomia do Chile, geralmente servida na primavera, em que as noites ainda são frias. 

Ingredientes

  • 500g de lombo bovino   
  • 4 batatas
  • 3 cenouras
  • 1 cebola pequena
  • 2 pimentões vermelhos
  • 2 dentes de alho
  • 2 xícaras (chá) de abóbora aos cubos
  • 2 xícaras (chá) de grãos de milho

Modo de preparo

Prepare os legumes e a carne, e corte-os todos em cubos. Os vegetais devem ser reservados.

Em uma panela, jogue um fio de azeite e adicione a carne. Tempere com sal e deixe ficar até dourar. 

Depois, adicione todos os legumes – a abóbora, as batatas, os pimentões, a cenoura, – e também o orégano, a páprica e o caldo de carne. 

Deixe cozinhar por 20 a 30 minutos, até os legumes ficarem macios. Se desejar, acrescente arroz branco para deixar a sopa ainda mais próxima da chilena. 

Pratos principais

Após boas entradas, chegou o momento de surpreender os convidados com os pratos principais da noite. Aqui, temos mais uma ocasião para experimentar e saborear os ingredientes mais importantes da gastronomia chilena. 

7. Lomo a lo pobre

O lomo a lo pobre é um prato delicioso, fácil de fazer e muito comum de se encontrar no Chile. Ele é muito semelhante ao nosso bife a cavalo, portanto, provavelmente será a receita mais próxima do paladar brasileiro. 

Ingredientes

  • 2 bifes da carne de sua preferência
  • 1 cebola grande
  • 2 ovos
  • 400g de batata para fritar
  • Sal a gosto
  • Pimenta-do-reino a gosto
  • Alho a gosto
  • Orégano a gosto

Modo de preparo

Em uma assadeira, arrume as batatas fritas (sem fritar) e acrescente um pouco de azeite por cima delas. Misture bem para que o óleo se esparrame por todas. Leve ao forno para assar. 

Enquanto isso, tempere a carne com alho picado, sal, orégano, fio de azeite e pimenta-do-reino. 

Deixe a carne marinando no tempero, pique a cebola em meia-lua e reserve. 

Agora, frite o bife em uma frigideira e reserve a carne. Reaproveite a frigideira para a cebola e tempere com orégano e sal. Em seguida, frite os ovos.

Depois de tudo finalizado, comece a montar o prato. Forre-o com batata frita, coloque o bife por cima e, depois, a cebola. Finalize com os ovos fritos, no topo da receita.

8. Cazuela

A cazuela é um prato que, com certeza, o deixará bem alimentado. Essa é mais uma das receitas que traz o milho e outros ingredientes típicos da região para a mesa. 

Você pode acompanhar todo o passo a passo da receita no vídeo do canal Mulheres, que irá ensinar a preparar uma cazuela divina. 

9. Curanto

Tipicamente, o curanto é um prato preparado no chão mas, como isso nem sempre é possível, você pode fazer essa receita em uma panela grande, dentro da sua casa. O processo é muito simples e sem quaisquer segredos. 

Ingredientes

  • 4 Kg de mexilhões
  • 1,5 Kg de frango temperado como preferir
  • 1,5 Kg de linguiça defumada
  • 1,5 Kg de costelinha defumada
  • 2 Kg de batatas
  • 1l de vinho branco
  • 500ml de água

Modo de preparo

Primeiro, coloque na panela metade dos mariscos e, por cima deles, as batatas. Em seguida, os pedaços de frango, a costelinha defumada e a linguiça cortada em pedaços. Regue tudo com vinho branco e água. Finalize com a segunda metade dos mexilhões.

Tampe a panela e deixe por uma hora cozinhando. Após ficar pronto, retire cada alimento para um recipiente próprio, ou seja, os mariscos para uma tigela, a costelinha para outra e por assim em diante. 

Agora é só servir!

10. Pastel de choclo

Não, esta não é mais uma receita de pastel. Pastel, em espanhol, refere-se a pratos semelhantes a tortas e, portanto, é isso que você pode esperar: uma grande torta de milho. 

Essa receita nos lembra um pouco o escondidinho, porque além do milho, ela vem recheada com carne moída mas, claro, o prato mantém as características do Chile. 

Uma boa dica sobre esse prato é que, se você quiser diferenciar na festa junina, ele é uma ótima ideia do que levar. 

Ingredientes para o creme de milho

  • 1 lata de milho verde
  • ½ xícara (chá) creme de leite
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 2 colheres (sopa) farinha de trigo
  • ½ cebola ralada
  • Sal a gosto
  • Pimenta-do-reino a gosto

Ingredientes para o recheio

  • 500g de carne moída
  • 1 cebola picada
  • 1 dente de alho
  • 2 colheres (sopa) de manteiga 
  • 1 colher (sopa) molho inglês
  • Salsinha a gosto
  • Sal a gosto
  • Pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

Inicie a receita pela preparação da carne moída. Comece por adicionar a manteiga em uma panela, a cebola e o alho e deixe refogar. Em seguida, acrescente a carne moída e frite até ficar dourada. 

Depois, regue com o molho inglês e tempere com a pimenta-do-reino e sal. Quando estiver pronto, reserve. 

Agora, chegou o momento de preparar o milho. Em outra panela, coloque a manteiga e a cebola para refogar. Depois, acrescente a farinha de milho e deixe ficar por cerca de 20 a 30 segundos, mexendo sem parar.

Pastel de choclo servido em cerâmicas

Para os apaixonados por comidas com milho, o pastel de choclo é uma excelente ideia.

Em seguida, inclua o creme de leite e metade do milho. Deixe refogar por alguns minutos, e no fim desse processo, bata tudo no liquidificador. Junte a segunda parte do milho e misture. A consistência deve ficar semelhante a um purê. 

Para montar é muito simples: forre o fundo de uma refratária com a carne moída e ponha por cima o milho. Depois, leve ao forno para dourar. 

Sobremesas

Para fechar a noite com chave de ouro, nada como servir uma boa sobremesa. A culinária chilena tem muito a oferecer no quesito doces e, sem dúvidas, irá agradar a todos os seus convidados. 

11. Alfajor chileno

Se você está procurando por uma receita fácil e supergostosa, pode apostar no alfajor chileno. O doce já é muito conhecido pela América do Sul, especialmente por conta da versão argentina, mas a chilena também é de dar água na boca. 

Para ver o passo a passo e conferir a praticidade do alfajor chileno, deixamos o vídeo do canal Julia Guedes

12. Leche nevada

Se você acompanha todas as receitinhas do nosso blog, com certeza irá achar leche nevada muito semelhante às farófias, sobremesa de origem lusitana que deixamos em nosso post sobre culinária portuguesa. 

Sem dúvidas, ambas as receitas são bem semelhantes, mas com algumas diferenças nos ingredientes. Por exemplo, a leche nevada leva menos itens que as farófias. 

Já está curiosa para conferir? Então, vamos ver.

Ingredientes

  •  1 litro de leite
  • 3 ovos
  • 3 colheres (sopa) de amido de milho
  • 1 colher (sopa) de essência de baunilha
  • 1 ½ xícaras (chá) de açúcar — o equivalente a 300g

Modo de preparo

Assim como nas farófias, você deve começar por separar gemas de claras. Reserve ambas, pois elas serão utilizadas ao longo da receita. 

Após isso, em uma tigela, coloque as gemas, o amido de milho e uma xícara (chá) de leite. Em seguida, mexa bem até dissolver e tornar-se uma mistura homogênea. Reserve.

Em outra tigela, adicione as claras e bata em velocidade média. Aos poucos, vá adicionando açúcar para encorpar e ganhar uma consistência mais rígida. Perto de finalizar, aumente a velocidade para tornar-se merengue. Reserve.

Leve uma panela ao fogo e adicione o leite. Se preferir, pode acrescentar canela em pau, que irá deixar mais aromatizado. Adicione o açúcar e mexa até que comece a ferver. 

Aos poucos, vá acrescentando bolinhas de merengue, de preferência, com uma colher de sorvete. Deixe ficar um pouco e retire-as para um outro prato. 

Em seguida, jogue a essência de baunilha no leite que ainda está na panela e acrescente a mistura feita com as gemas. Bata com um fouet, até que se torne um creme. 

Agora está pronto! Você pode servir em pequenos bowls com bolinhas de merengue e creme ou, se preferir, em uma tigela maior. 

13. Tortas curicanas

Para quem prefere sobremesas fáceis de comer com as mãos, as tortinhas curicanas são uma boa pedida. Deliciosas, elas trazem o doce de leite para a culinária chilena e prometem adoçar ainda mais qualquer momento. 

Ingredientes para massa

  • 6 gemas (de preferência, de ovos grandes)
  • 2 xícaras (chá) de farinha
  • 2 colheres (sopa) de água
  • 2 colheres (sopa) vinagre
  • 1 colher (sopa) de margarina ou manteiga

Ingredientes para recheio e decoração

  • ½ kg de doce de leite
  • 1 xícara (chá) de nozes
  • Açúcar de confeiteiro 

Modo de preparo

Em uma tigela, coloque a farinha e abra um espaço no meio para adicionar a margarina ou manteiga derretida. Mexa tudo e acrescente a água com vinagre. Misture tudo. 

Nozes abertas em bowl branco de cerâmica

As nozes e o doce de leite fazem uma combinação perfeita.

Depois, adicione as gemas e, novamente, mexa tudo e misture bem. Com as mãos, continue o processo, até que se torne uma massa encorpada. 

Agora, polvilhe farinha em uma bancada, mesa ou tábua para abrir a massa com um rolo. Em seguida, utilize um pires de café para fazer os círculos do tamanho das tortas. 

Com um garfo, fure todas as massas. Depois, unte uma assadeira com óleo e farinha e organize todos os círculos. Deixe assar por 15 a 20 minutos e fique de olho para que não queime. 

Enquanto isso, prepare o recheio. Corte o miolo das nozes em pedaços bem pequenos e finos e divida em dois. 

Com uma das partes, misture com o doce de leite para que fique uniforme. Depois, com as massas já assadas, passe o recheio nelas e, por último, com a segunda metade das nozes, faça a cobertura. 

Após terminar, é só servir!

14. Pudim de abóbora

A nossa última dica de sobremesa é o pudim de abóbora, que não tem muitos segredos e, na verdade, é uma receita bastante conhecida aqui no Brasil e também muito característica dos Estados Unidos e Canadá. 

Para você ver como é fácil, deixamos um vídeo do canal Edna Machado, que utiliza ingredientes fáceis de serem encontrados aqui no Brasil. 

Com estas 14 dicas de receitas, você poderá criar deliciosas refeições inspiradas na gastronomia chilena e surpreender a todos os seus convidados. 

Aproveite e compre os produtos para as suas receitas sem sair de casa pelo Cidade Canção. Basta clicar na imagem abaixo. 

Clique para acessar o site com o CIdade Canção mais próximo de você.

0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *