Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

Aprenda 9 opções de receitas orientais fáceis

A culinária oriental chegou ao Brasil com o desembarque dos imigrantes japoneses em 1907. Na década de 1990, se espalhou por todo o país por meio dos restaurantes chineses e japoneses.

Muitas receitas orientais podem ser reproduzidas em casa e com ingredientes comuns como arroz, macarrão, vegetais e carnes.

Separamos nove opções de receitas orientais fáceis para você fazer na sua casa e comer com os amigos e família!

Gohan (arroz japonês)

O arroz é cultivado na Ásia há milhares de anos, e por isso é um dos ingredientes mais utilizados em receitas orientais. Para fazer esse tipo de arroz japonês conhecido como gohan, utilize os grãos apropriados, que são menores e mais largos.

O segredo é lavá-los entre quatro e cinco vezes. Faça isso até que a água não fique mais esbranquiçada, o que significa que todo o amido dele já foi retirado. Após esse processo, deixe de molho por cerca de trinta minutos.

Coloque em uma panela com duas vezes e meia a quantidade de água. Não é necessário temperar com alho e cebola como é o caso do arroz brasileiro. Ele será temperado depois de cozido.

Assim que a água ferver, abaixe o fogo e deixe cozinhar por cerca de 15 minutos, ou até o líquido secar. Por fim, dissolva uma colher de sal, meia colher de açúcar e meia colher de vinagre de arroz em meia xícara de chá e despeje sobre o gohan para dar sabor.

Essa receita pode ser utilizada como base para vários pratos orientais como karê, sushi, temaki e até o poke havaiano.

receitas orientais fáceis

Sushi (Hossomaki)

O sushi é uma combinação de arroz e recheios criada no Japão. Dentro dessa categoria, existem diversos tipos, e entre os mais tradicionais está o hossomaki, onde os ingredientes são enrolados por uma alga.

Para fazer sushi, é necessário que você tenha algum utensílio para enrolar os recheios e deixá-los em formato cilíndrico. Tradicionalmente é utilizada uma espécie de esteira chamada de sudare, mas é possível improvisar utilizando um jogo americano.

Para o recheio, você pode utilizar peixes crus como salmão e atum, carnes como kani-kama e vegetais como pepino e cenoura. No Brasil, também é comum encontrar sushis recheados com cream cheese.

Passo 1: preparar o arroz japonês como na nossa receita de gohan.

Passo 2: coloque a alga cortada ao meio sobre a esteira na horizontal e preencha toda a superfície com esse arroz, deixando pelo menos uma faixa de um centímetro sem recheio na parte superior.

Passo 3: acomode o recheio cortado em tiras de até um centímetro de espessura. Depois faça um movimento com a esteira para frente para enrolar seu sushi.

Uma dica nessa hora é ir apertando levemente para que o recheio fique bem compactado. Por fim, passe algumas gotas de água na faixa de alga sem recheio e feche o rolinho.

Passo 4: Separe os sushis cortando com uma faca bem afiada. O ideal é que cada rolinho seja dividido em oito fatias.

Neste vídeo do canal Kosu Sushi há um exemplo de como funciona esse processo. Confira:

Yakisoba

Originalmente, o yakisoba é um tipo de macarrão com legumes e carne frito em uma chapa e com molho de ostras. Com a imigração japonesa no Brasil, foi criada uma versão adaptada com ingredientes daqui.

Na sua receita, você pode utilizar vegetais como cenoura, repolho, couve-flor, brócolis, pimentão e cebola e carnes de porco, frango, camarão ou boi, de acordo com a sua preferência. É importante cortar tudo em tiras ou pedaços pequenos para que possam ser comidos inteiros.

Frite 300g da carne de sua preferência em uma colher de óleo de gergelim até dourar e em seguida acrescente os vegetais. Adicione o macarrão próprio para yakisoba já cozido e deixe fritar por alguns segundos.

Por fim, acrescente 50 ml de shoyu, 150 ml de água e uma colher de sopa de amido de milho para o molho. Deixe cozinhar por cerca de 5 minutos.

receitas orientais fáceis

Shimeji na manteiga

O shimeji é um tipo de cogumelo muito comum em países asiáticos. A maneira mais comum de cozinhá-lo é com manteiga.

Uma dica para não errar no preparo é não lavar o seu cogumelo. Por ter uma textura esponjosa, esse alimento retém uma grande quantidade de líquido. Em contato com a água, ele perde o seu sabor original. Ao invés disso, passe um guardanapo seco nas partes em que for necessário limpá-lo.

Derreta 50 gramas de manteiga sem sal, e em seguida adicione 500 gramas de shimeji. O volume deve diminuir bastante, pois ele perde boa parte da sua umidade.

Para acrescentar sabor, adicione duas colheres de sopa de sakê mirim, uma bebida japonesa a base de arroz para receitas orientais. Adicione também cinco colheres de shoyu para temperar e dar cor ao seu cogumelo. Para servir, decore com cebolinha picada.

Sunomono

Similar ao picles, o sunomono é uma espécie de conserva agridoce feita principalmente com pepino japonês. É uma receita fácil de fazer.

Ferva uma colher (sopa) de sal, três colheres (sopa) de vinagre de arroz e duas colheres (sopa) de açúcar. Reserve e espere esfriar.

Em um recipiente, adicione dois pepinos cortados em fatias finas e o líquido já frio. Para um melhor sabor, deixe na geladeira de um dia para o outro. Na hora de servir, adicione uma colher de gergelim torrado.

receitas orientais faceis

Tempurá

Conta-se que esse prato foi levado ao Japão por missionários jesuítas portugueses durante o século XVI. Trata-se de um empanado de frutos do mar e vegetais em uma massa fina e fritos.

Alguns dos ingredientes mais utilizados são camarão, lula, cebola, cenoura, pimentão, berinjela, repolho e abóbora.

Para fazer a massa, misture duas xícaras de farinha de trigo, duas xícaras de água gelada e uma colher de chá de fermento químico. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Mexa bem até obter um líquido homogêneo e denso.

Passe os frutos do mar e vegetais na massa e depois frite por imersão em óleo quente até dourar. Vire no meio do processo e tome cuidado para o óleo não espirrar. Em seguida, tire e coloque sobre um papel toalha para secar.

Salada de Bifum

Feito a base de arroz, o bifum é uma opção de macarrão para quem tem restrições a glúten. Muitas vezes, é consumido frio, por isso é ideal para fazer saladas.

Para preparar o macarrão, mergulhe cerca de 140 gramas em um litro de água fervente. Deixe por aproximadamente um minuto e escorra logo em seguida, jogando água gelada para parar o cozimento. Por ser muito fino, pode passar de ponto com facilidade.

Depois disso, coloque o bifum em um recipiente e adicione uma cenoura pequena cortada em tiras, três colheres de sunomono e uma colher de gergelim. Em seguida, tempere com uma colher de óleo de gergelim e sirva.

Rolinho Primavera (Harumaki)

São bolinhos recheados tradicionais no ano novo chinês, que também é conhecido como “festa da primavera”. Hoje, já é um prato popular no mundo todo, com diferentes versões em cada país.

Pode ser recheado com queijo, carnes em geral e legumes. No Brasil, também é possível encontrar versões doces de chocolate, doce de leite e goiabada.

Passo 1: Para fazer a massa, misture quatro xícaras de água e quatro xícaras de farinha no liquidificador, adicionando sal a gosto. Quando a mistura estiver homogênea, deixe alguns minutos descansando na geladeira.

Passo 2: Em uma frigideira antiaderente, coloque uma colher de sopa de massa e espalhe por toda a superfície. O ideal é que ela fique bem fina e transparente.

Passo 3: adicione o recheio (já pronto) de sua preferência no centro da massa e dobre como se fosse um envelope. Para fechar a última ponta, coloque algumas gotas de água.

Passo 4: Depois de prontos, frite os rolinhos em óleo quente até que fiquem bem dourados por fora.

receitas orientais fáceis

Frango Xadrez

Originalmente chamado de Kung Pao, é um misto de frango frito com vegetais, amendoim e molho apimentado. No Brasil, leva um molho similar ao do yakisoba.

Em uma frigideira, doure um quilo de frango cortado em cubos. Em seguida, acrescente adicione uma cebola e três pimentões cortados em cubos, além de uma colher de sopa de alho picado.

Para o molho, misture meia xícara de shoyu e uma colher e meia de amido de milho e despeje na frigideira, juntamente com uma xícara de água quente. Deixe ferver por alguns minutos até que o molho reduza. Para servir, acrescente amendoim e cebolinha a gosto.

O canal Receitas e Temperos exemplificou o modo de preparo do frango xadrez. Confira:

Gostou das nossas receitas orientais? Muitos desses pratos são encontrados em restaurantes, e fazê-los em casa deve impressionar seus amigos e família.

O Cidade Canção on-line tem uma seção dedicada a produtos orientais para as suas receitas.

3.67 avg. rating (75% score) - 6 votes
Esse conteúdo foi útil?
3.67 avg. rating (75% score) - 6 votes

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidade Canção – Blog